It girl.

‘Ela sabia que era fútil, mas não conseguia evitar. Toda a literatura era repleta de mulheres arrasadoramente lindas e sedutoras cuja imagem ficava gravada na mente de todos no ambiente, fazendo-os sorrir ou gemer de angústia quando pensavam nela, o que inevitavelmente fariam. A maluquinha Daisy Buchanan de O grande Gatby. Lily Bart de A casa da felicidade. Laura de Petrarca, Beatriz Dante. Ela não queria, necessariamente, que alguém escrevesse um livro sobre ela – mas queria ser o tipo de pessoa que podia inspirar alguém a fazer isso. Era tão errado?..’

(It girl: Uma garota entre nós – Cecily von Ziegesar)

Anúncios

2 comentários sobre “It girl.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s