Hoje é dia dos pais

Hoje é dia dos pais.

Eu poderia gastar as minhas melhores palavras para dizer coisas maravilhosas sobre o meu querido pai, porquê ele as merece. Eu poderia escrever o quanto ele é incrível, generoso, com um coração que transborda e o quanto (imensamente) eu o amo. Eu sei, eu poderia, mas se tem uma coisa que eu aprendi sobre o meu pai é:

Ele é assim, especial do jeito que é, porque ele busca ser cada vez mais parecido com o meu Pai lá do céu.

Então, dessa vez, eu peço desculpas para meu pai (sabendo que com a mais absoluta certeza ele compreenderá), mas nesse dia eu falarei sobre o meu querido Deus, que eu carinhosamente também chamo de Pai (até porque, na verdade, Ele também é Pai dele).

O amor dEle é o mais bonito, o mais puro, o mais sincero que eu já experimentei. Ele me ama do jeitinho torto que sou e me aceita mesmo diante das minhas falhas e dúvidas e imperfeições. Ele me quer mesmo quando eu não me quero ou O quero. Ele não discute comigo mesmo quando eu estou errada e não me impede de ir embora mesmo querendo que eu fique. E quando eu volto, me aceita e me acolhe como se eu nunca tivesse partido. O amor dEle é livre e é isso que faz Ele ser Amor.

Ele me encontra quando eu estou perdida e me abraça quando eu estou em lágrimas. Ele me dá respostas e sinais e conselhos quando a vida fica mais turbulenta que o normal. Ele me guia mesmo quando eu estou cega e acredita em mim mesmo quando me falta esperança. Ele conhece o mais profundo e intenso e bonito e escuro do meu ser e me aceita assim, como Giovanna que sou. E quando Ele é exigente, rígido, é porquê quer apenas que eu seja a melhor pessoa que eu posso e consigo ser (até porque foi para isso que Ele me criou).

Eu sou só mais uma diante dos bilhões e bilhões de filhos e filhas dEle, mas ainda assim Ele faz eu me sentir única, como se no mundo fosse apenas eu-e-Ele, Ele-e-eu. Ele sempre têm tempo, têm carinho, têm atenção pra me dar. E o melhor: Ele me mima de uma maneira inexplicável e incompreensível, como só Ele consegue fazer (mesmo eu constantemente não merecendo).

Assim, mesmo já tendo esse Pai incrível lá no céu, Ele me deu também um pai incrível aqui na Terra. Eu sei que nem sempre as pessoas têm essa mesma sorte que eu, de poder conhecer e ter contato e abraçar os pais nesse dia, já que muitos deles Deus já chamou para ir morar com Ele lá no céu. Confesso que isso é difícil de compreender até porquê os planos e destinos, às vezes, são incompreensíveis.

Assim, na minha inocência, eu acho que para ninguém no mundo se sentir sozinho, Ele se fez e se faz presente como o Pai de todos (mesmo muitos negando e ignorando se esquecendo disso). E o melhor é que Ele continua nos amando na mesma intensidade e eternidade mesmo quando não recebe o nosso amor de volta. E esse é o bonito da vida, o mais lindo desse amor, quando a gente entende que:

Todos nós temos o melhor Pai do mundo.

Então obrigada pai-da-Terra (mais conhecido como Romulo ou ‘daddy’) por ter me apresentado o amor do nosso Pai-do-céu. É por esse e tantos outros motivos que eu te amo muito.

Obrigada Pai-do-céu, por ter me dado o melhor pai-da-Terra que eu poderia ter. É por esse e tantos outros motivos que eu te amo muito (mas que eu sei que nunca irá chegar perto do Seu amor por mim).

WhatsApp Image 2017-08-13 at 16.06.20 (1)

Feliz-dia-dos-pais!

Anúncios

Um comentário sobre “Hoje é dia dos pais

  1. Um dos textos mais lindos e sinceros que já li. Parabéns Giovanna…pelo pai que vc tem, uma pessoa incrível e pra nós que temos o Melhor Pai do Mundo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s